segunda-feira, 8 de maio de 2017

Isabela Cavalcante de Aquidauana, é eleita a Miss Mato Grosso do Sul ‘Be emotion’ 2017

A representante de Aquidauana, Isabela Cavalcante, foi eleita Miss Mato Grosso do Sul ‘Be emotion’ 2017.  Em noite de muito glamour, a cerimônia foi realizada nesta sábado (06) em Costa Rica (MS) no Espaço Conviver – Centro de Convivência do Idoso – “Nosso Sonho”.
A coroa de Miss Mato Grosso do Sul, abre portas para a disputa do Miss Brasil ‘Be emotion’ 2017.
A vencedora concorreu com outras 19 candidatas dos municípios de Amambai, Aparecida do Taboado, Campo Grande, Cassilândia, Chapadão do Sul, Corumbá, Costa Rica, Coxim, Distrito de Alto Santana (Paranaíba), Distrito de São José do Aporé (Paranaíba), Dourados, Ivinhema, Jaraguari, Nova Andradina, Paranaíba, Santa Rita do Pardo, Serviria, Terrenos e Três Lagoas.
A Miss Brasil ‘Be emotion’ 2016, Raissa Santana e a Miss Mato Grosso do Sul 2016, Yara Volpe, marcaram presença no evento.

 LEIA MAIS

https://news.google.com/news/url?sr=1&ct2=pt-BR_br%2F1_0_s_0_1_a&sa=t&usg=AFQjCNECleCJSxZip2curFG4MK8bAMtWng&cid=null&url=http%3A%2F%2Focorreionews.com.br%2Fportal%2F2017%2F05%2F07%2Fisabela-cavalcante-de-aquidauana-e-eleita-a-miss-mato-grosso-do-sul-be-emotion-2017%2F&ei=fK0PWaCVLcel3wGJ4IbgCQ&sig2=ZB_Km0Qgikyq4m4vtkeQpA&rt=SECTION&vm=STANDARD&bvm=section&did=6995899431951783753&sid=pt-BR_br%3Asfy&ssid=sfy&st=1&at=dt0&eid=%2Fm%2F027c2fs&ise=false&insrc=1

terça-feira, 20 de setembro de 2016

PARANAÍBA: Greve dos bancários fecha bancos a partir de amanhã



FOTOS: PETRONÍLIO EDUARDO
Márcio Seraguci
Os bancários de Paranaíba aderiram à greve nacional que começa amanhã (6) em todo o país. Cartazes com informações sobre a greve foram colocados nas portas de todos os bancos: "ESTAMOS EM GREVE".
Bancários de todo o país entram em greve depois de rejeitar a proposta oferecida pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). As reivindicações incluem reajuste salarial, reposição inflacionária de 5%, antecipação e reajuste na participação dos lucros, aumento do piso salarial, aumento do vale-alimentação, melhores condições de trabalho e plano de carreira. A greve, que será realizada em todo o território nacional, terá as condições definidas em assembleia a ser realizada hoje (5) em Brasília.
Segundo o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Empresas de Crédito, Lourenço Prado, o movimento tem prazo indeterminado e não prejudicará a população. “A greve é nacional e com prazo indeterminado, porém os caixas vão continuar funcionando e os correspondentes bancários também funcionam normalmente. A população não será afetada, os clientes especiais poderão ser atendidos conforme acordo com o sindicato. Não queremos trazer prejuízo à população, só vamos reivindicar nossos direitos. “
Prado disse ainda que a proposta apresentada está abaixo da inflação do período, que é de 9,57%. O pedido da categoria é de pelo menos 5% de aumento real. "Nossa reivindicação é de pelo menos 15% de reajuste salarial. O que eles oferecem é 2,8% abaixo da inflação do período", disse.
A proposta da Fenaban, rejeitada pela categoria, é de reajuste de 6,5% (para uma inflação de 9,57%) e abono de R$ 3 mil, que não incide sobre os salários, nem sobre o FGTS, as férias ou o décimo terceiro.

0501
Fonte: Jornal Tribuna Livre

Postado por Carlos PAIM

sábado, 7 de maio de 2016

Site do Campo Grande News no Painel de Blogs da Fundação Portal do Pantanal/Edson Paim

http://www.campograndenews.com.br/


Postado por: Ygor I. Mendes

terça-feira, 3 de maio de 2016

UEMS oferece 60 vagas para portador de diploma em dez cidades
A Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) abriu processo seletivo para portadores de diploma. São mais de 60 vagas em dez cidades para quem já tem uma graduação e quer fazer outro curso.

As vagas são exclusivas para ingresso no ano letivo de 2016. As inscrições devem ser protocoladas nas Secretarias Acadêmicas dos cursos escolhidos, somente na quinta-feira (5) e sexta-feira (6).

Para se inscrever na seleção é preciso apresentar uma cópia autenticada do diploma de curso superior de graduação; cópia do histórico escolar do curso de graduação, contendo carga horária e notas das disciplinas cursadas com aprovação; tabela de conversão do sistema de avaliação de conceitos em notas, quando for o caso, se não constar do histórico escolar e cópia dos programas das disciplinas cursadas com aprovação, devidamente visados pela instituição de ensino superior.

O candidato que tenha concluído curso de graduação na Uems fica dispensado de apresentar tabela de conversão e programas das disciplinas.

Quem concluiu curso de graduação em outra instituição e não tem em mãos o diploma de graduação devidamente registrado, poderá apresentar atestado, declaração ou certidão de conclusão de curso, acompanhado de documento que comprove o reconhecimento do curso e de declaração de que o diploma encontra-se em fase de registro na instituição de origem.

Confira abaixo as vagas em cada cidade:
Tabela de vagas divulgada pela Uems.



Campo Grande News

sábado, 27 de junho de 2015

Caravana da Saúde começa a atender dia 30 em Paranaíba

Notícias MS
Divulgação
Ampliar
Caravana da Saúde chega a Paranaíba
O município de Paranaíba recebe a partir de terça-feira (30) os atendimentos da Caravana da Saúde. O município integra a quarta região visitada pelo programa do Governo do Estado que já passou pelas microrregiões de Coxim, Ponta Porã e Três Lagoas. A região de Paranaíba engloba os municípios de Inocência, Cassilândia, Aparecida do Taboado.

A partir desta terça serão iniciadas na Santa Casa de Paranaíba as cirurgias hospitalares com especialidades em ortopedia, ginecologia e cirurgia geral agendadas através da fila de espera da região. Além das cirurgias hospitalares, começam também as consultas oftalmológicas nas carretas instaladas no campus da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul).

Ao todo, estão previstas 200 cirurgias hospitalares, 4.500 consultas oftalmológicas e 1.200 consultas em diversas especialidades. Já para as cirurgias oftalmológicas, estão previstas 1.800 cirurgias a serem realizadas a partir do dia 2 de julho.

O Dia D da Caravana da Saúde em Paranaíba será no sábado (4), onde além dos atendimentos oftalmológicos, serão realizados exames e consultas e a participação de instituições parceiras como Corpo de Bombeiros, Tribunal de Justiça, Hemosul, Hospital do Câncer Alfredo Abraão, Polícia Civil entre outros. A Caravana da Saúde estará instalada no campus da UEMS localizado na Avenida João Rodrigues de Melo, Sem Número, bairro Jardim Santa Mônica.

segunda-feira, 3 de março de 2014

Noni: a planta que cura 27 enfermidades

A planta chegou à Universidade Federal do Piauí há quatro anos e vem sendo alvo de diversos estudos

27/01/2009 11:28
 
Vez por outra, uma planta aparece no cenário nacional com a promessa de curar vários tipos de doenças. Em alguns casos, a fama é comprovada, em outros, os efeitos colaterais acabam por desmistificar o uso exagerado. Há algum tempo, os piauienses conheceram uma planta comum do Taiti, chamada popularmente de Noni. Muitos pesquisadores estão estudando os efeitos de seu fruto e já comprovaram, com 75% de eficiência, os efeitos positivos para a cura de 27 enfermidades. 

A planta chegou à Universidade Federal do Piauí há quatro anos e vem sendo alvo de diversos estudos. O fruto noni, que lembra uma graviola ou fruta do conde, é transformado em suco e misturado com suco de uva ou goiaba, em proporções já estabelecidas. O suco combate, entre outras doenças, artrite, artrose, reumatismo, diabetes tipo 1 e 2, dores de cabeça, impotência sexual, perda de peso e hipertensão. A planta pode chegar a três metros de altura e produz durante o ano inteiro. 

O professor do curso de Agronomia e coordenador do Núcleo de Plantas Aromáticas e Medicinais da UFPI, Francisco Rodrigues Leal, diz que o noni já tem seu espaço garantido na Fitoterapia. “É uma fruta com um sabor e um cheiro diferentes que, aos poucos, a gente se acostuma. No seu país de origem, a fruta é largamente consumida in natura, como nós comemos a goiaba aqui”, comentou o professor. 

De acordo com informações de Francisco Leal, o noni funciona porque tem como princípio elevar a imunidade da pessoa e recuperar as células danificadas. “Além, é claro de toda a riqueza de vitaminas e aminoácidos contidos na fruta”, disse. O concentrado deve ser feito na seguinte proporção: 89% da polpa da fruta e 11% de suco de uva ou goiaba. “Se o paciente fizer em um copo de 100ml deve usar 60% de polpa e 40% de suco de uva ou goiaba”, disse. 

A empresária Margarida dos Santos, de 55 anos, já pagou caro pela garrafa de suco comercializada no Brasil. “Comprei a garrafa em São Paulo. Eu sofria de refluxo gastro-esofágico e depois de 15 dias tomando o suco o problema começou a diminuir — já o remédio não tinha adiantado. O bem-estar aumentou, a pele melhorou bastante e meu cabelo parou de cair como vinha acontecendo de forma dramática. Já tomo o suco há três meses, de manhã em jejum”, informou. 

Francisco Leal alertou, porém, que cada caso é um caso. O paciente deve procurar orientação de um fitoterapeuta, para não correr o risco de usar medidas diferentes ou simplesmente não saber o tempo correto do tratamento. O setor de agronomia da UFPI conta hoje com pouco mais de cem plantas de noni e distribui mudas, em pequena quantidade, para a população.

Produto ainda não tem registro na Anvisa

A popularidade do Noni em alguns países está intimamente ligada ao seu poder terapêutico. Em 2003, a fruta virou febre nos Estados Unidos, que por lá, é misturada com blueberry ou cranberry. Em tempo: o cranberry, uma frutinha vermelha do Hemisfério Norte, é parente da groselha e, acredita-se, do cupuaçu. De acordo com estatísticas de 2003, uma garrafa do suco era vendida a cada dois segundos (ou menos) pelo mundo afora — sem falar das cápsulas e dos chás. Muitas pessoas também revendem o suco na Internet. 

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária - Anvisa - informou, em maio de 2007, que o noni não possui histórico de consumo no Brasil e, portanto, a comercialização de qualquer alimento contendo esse ingrediente só será permitida após a comprovação de sua segurança de uso e registro na Anvisa. Ressaltou ainda que, de acordo com o artigo 56 do Decreto-Lei nº. 986/69 os produtos com finalidade terapêutica ou medicamentosa não são considerados alimentos. 

A Secretaria Estadual de Saúde de Goiás e de vários outros estados brasileiros proibiram a comercialização do suco vendido no Brasil, exatamente por causa da não comprovação da segurança da Anvisa. Controvérsias à parte, quem faz uso do suco do noni diz que seus efeitos são únicos e não se arrependem de tomar, diariamente. 

Fonte: Katiúscia Alves / Jornal O Dia
Edição: Portal O Dia
Repórter: Portal O Dia

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Eduardo só deverá eleição ao povo, afirma Marina

Publicado em 04/02/2014 às 11:07 por em Eleições, Notícias
Foto: reprodução da Internet
Foto: reprodução da Internet
 
Durante o discurso no evento de lançamento do documento com as diretrizes que nortearão o programa de governo do PSB e da Rede para a campanha presidencial do governador Eduardo Campos (PSB), a ex-senadora Marina Silva afirmou nesta terça-feira (4) que, caso o pernambucano seja eleito, deverá a eleição apenas ao povo brasileiro. “Se Eduardo ganhar, só haverá um a quem [ele] deve agradecer, a quem deve se reportar: o povo brasileiro”, disse.
A declaração foi uma crítica para o PT e o PSDB, descrito pela ex-senadora como partidos que vencem pela estrutura e não pela postura. “Ele já têm o direito de ganhar. São muito grandes, muito poderosos”, classificou a ex-senadora. Campos deve disputar a Presidência da República contra a presidente Dilma Rousseff (PT) e o senador Aécio Neves (PSDB).
O discurso de Marina girou em torno dessa dicotomia entre estrutura e postura e defendeu o modelo com que o PSB e a Rede têm conduzido o processo. “O que transformará o programa para uma ação concreta que mudará o Brasil, o que nos levará do discurso ao ato, são as bases”, explicou. “Esse diálogo é para termos um programa que vai ser o programa do Brasil, não o programa do PPS, da Rede, do PSB”, afirmou.
Notícias relacionadas

Tags: Eduardo Campos, Eleições, Eleições 2014, Marina, marina silva, Nova Política, Programa de Governo, psb, Rede,